Palestra do Salão Universitário aborda a contribuição da ciências para o mundo

As virtudes leveza, rapidez, exatidão, visibilidade, multiplicidade e consistência, citadas por Italo Calvino para nortear os gestos de nossa existência, foram mencionadas na palestra de abertura do Salão Universitário da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). O diretor de pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), professor Carlos Graeff Teixeira, falou com acadêmicos sobre a ciência e sua contribuição para o mundo.
Teixeira mostrou os resultados obtidos através de um treinamento com alunos da pós-graduação sobre atitudes na ciências. Dentre das questões abordadas nos encontros estava um questionário aplicado a pessoas comuns sobre a imagem de um cientista. “Vocês não tem ideia da riqueza das respostas que temos colecionadas”, comentou. 
De acordo com o palestrante, no imaginário comum ainda existe muito espaço para o exemplo do cientista maluco e também para o benfeitor da humanidade. Repostas como preocupado em estudar muito para ajudar as pessoas; vivem dentro de laboratório mexendo com ratos, por exemplo, foram obtidas sobre a representação do que é ser cientista. 
Também na palestra de abertura do Salão, a pró-reitora acadêmica, professora Patrícia Giusti, destacou que o evento da UCPel é um espaço voltado para a produção e a reflexão de pesquisas. “Esperamos que o evento consiga imprimir um espírito coletivo e comunitário para que o resultado das pesquisas alcancem aqueles que mais precisam”, disse.
Até sexta-feira(27), trabalhos de iniciação científica, pós-graduação e extensão, além da realização de minicursos estão ocorrendo. A premiação dos melhores trabalhos desta edição ocorrerá no dia 27, às 18h, no saguão do Campus I e encerra a programação. 

foto da notícia