Briseida Serrano é a palestrante da abertura do Salão Universitário 2020

Além das apresentações de trabalhos científicos, o Salão Universitário 2020 oferece uma programação que inclui palestras, minicursos e rodas de conversas. A abertura do evento ocorre no dia 27 deste mês, às 19h, com a realização de live na presença da socióloga panamenha Briseida Berrantes Serrano, pesquisadora e professora na Universidad de Panamá e Columbus University.  

O nome da convidada foi uma sugestão do Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais e Direitos Humanos da Universidade Católica de Pelotas (PPGPSDH/UCPel) . “Briseida é feminista, alinhada à tradição do pensamento crítico e participa de projetos comprometidos com a igualdade de condições entre os seres humanos, particularmente do bem-estar de crianças, adolescentes e jovens trabalhadores, apostando na educação como fórmula para reduzir desigualdades sociais”, comenta o professor do PPGPSDH, Aleksander Antunes.

A palestrante possui ampla trajetória profissional em diferentes áreas da Educação e das Ciências Sociais. Na sua produção, destaca-se o primeiro relatório sobre temas de gênero na academia panamenha, elaborado para o Instituto da Mulher da Universidad de Panamá.

No contexto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a pesquisadora tem atuado na análise conjuntural em países da América Central, a fim de tentar compreender as consequências políticas da crise sanitária e o agravamento das condições sociais em diferentes populações nesses territórios. Sua contribuição acontece por meio de diferentes espaços políticos e científicos, entre eles o da Articulação Centroamericanista O Istmo, o qual Antunes é um dos coordenadores.

 

Participação ao vivo

No encontro virtual, a convidada abordará o tema da edição 2020 do Salão Universitário: “Educação e ciência: construindo redes de conhecimento”. A pauta inclui questões sobre a produção do conhecimento como um processo e um conteúdo que deve ser compartilhado e democratizado. “Esse processo é um desafio muito maior no quadro da crise pandêmica. Para transformar a sociedade em uma que alcance o bem-estar coletivo e melhores formas de convivência, a ciência deve abertamente direcionar suas descobertas nesse sentido e com esse objetivo”, acredita Briseida.

Os resultados das pesquisas, em sua opinião, devem servir para influenciar políticas públicas e sociais, a fim de gerar ações voltadas à conscientização, formação e transformação de consciências, especialmente junto às novas gerações. Briseida, portanto, é uma acadêmica comprometida com o fomento de consciências a um pensamento crítico e científico.

A palestra de abertura é, segundo o professor do PPGPSDH, um convite para observar, sob uma perspectiva de gênero e latino-americanista, o papel que a Educação deve desempenhar no cotidiano das dinâmicas sociais. “Essa oportunidade é importante, principalmente, para os acadêmicos iniciantes, as gerações mais jovens, que têm um futuro a cuidar”, destaca.

A transmissão da live ocorre através do canal da UCPel no YouTube e estará disponível para comunidade em geral. O Salão Universitário transcorre até o dia 30 deste mês e integra as comemorações do aniversário de 60 anos da Universidade. Mais informações sobre o Salão Universitário 2020 estão disponíveis aqui.

 

Redação: Max Cirne